Padre Luís Caburlotto, nasceu em Veneza, no dia 07 de junho de 1817. Sentindo o chamado de Deus para o sacerdócio, entrou para o seminário diocesano e no dia 24 de setembro de 1842 foi ordenado, pelas mãos do Patriarca Jacopo Monico, na Basílica de San Marco.

Em 1843 foi enviado para a paróquia San Giacomo  Dall’Orio, como cooperador pastoral; ele tinha 26 anos e uma saúde muito frágil mas, após a morte do pároco assumiu este ofício em outubro de 1849 e permaneceu lá até 1872, quando teve que renunciar, por causa da saúde que não lhe permitia mais sustentar ao mesmo tempo os deveres de pároco e a direção de quatro Institutos educativos que havia fundado.

           A Fundação do nosso Instituto se deu em 30 de abril de 1850, seis meses após Padre Luís ser nomeado pároco. Ele era muito preocupado com a juventude, vítima da miséria, que constrangia os pais a descuidarem da educação dos filhos e se dedicarem ao trabalho e, desejando «moralizar» a paróquia, privilegiou a educação, criando imediatamente uma Casa de Caridade para as crianças pobres e abandonadas.

          Esta Casa de Caridade, que funcionava com a ajuda de três catequistas, foi a origem da nossa Família religiosa. A estas catequistas, se juntaram outras jovens, entre elas Maria Vendramin, que pediu ao Padre Luís para que fundasse uma Congregação. E assim ele fez dando-nos o nome de Filhas de São José, para que como este Santo cuidou da educação de Jesus nós também cuidemos das crianças, adolescentes e jovens que nos são confiados.

            No ano de 1927, seis Irmãs italianas vieram para o Brasil e abriram a primeira casa em Santa Rita do Passa Quatro, SP, na Diocese de Ribeirão Preto, onde estamos até hoje com duas obras sociais, o Lar Dom Luís Caburlotto e o Recanto Juvenil. As demais casas hoje, todas no Estado de São Paulo, são: Casa São José, sede provincial em Santo André, Escola São José na Vila Matilde, SP, Casa Comunitária Sagrada Família, no Tatuapé, Escola São José em Porto Feliz e a Escola Sagrada Família em Salto.

            No Brasil somos trinta e sete Irmãs presentes em seis comunidades; trabalhamos na Administração das Escolas e das Obras Sociais, e várias Irmãs atuam nas paróquias colaborando com a catequese, a liturgia, grupo de jovens e outros.

           Atualmente na formação inicial temos uma juniorista e uma jovem postulante fazendo o caminho de discernimento em uma das nossas comunidades. Acompanhamos outras jovens com a orientação vocacional, mas no momento não temos aspirantes e noviças aqui no Brasil.

            Itália temos cento e vinte e cinco Irmãs, presentes em dezesseis Comunidades com trabalhos educativos em Escolas, obras sociais e paroquiais, nas cidades do Norte e Nordeste italiano. Temos uma Comunidade em Roma, mas a sede geral está em Veneza, por ser cidade de origem do Instituto.

             Desde 1992 estamos nas Filipinas, onde atualmente temos quatro comunidades com dezenove religiosas, uma noviça e três postulantes e, desde 2002 no Quênia, onde temos duas comunidades, oito Irmãs e três postulantes. Duas terras de missão, onde as Irmãs estão colhendo abundantes frutos do nosso carisma seja no serviço educativo como na formação à vida religiosa. No dia 8 de dezembro de 2014 tivemos com a primeira profissão de três noviças, as primeiras Filhas de São José do Quênia. E por tudo isso, somos imensamente gratas a Deus pelos benefícios que Ele nos concede.

            O reconhecimento do milagre atribuído pela intercessão do nosso Padre Fundador é uma grande graça que não pode ficar guardada só para nós, é um evento eclesial que queremos divulgar e partilhar com todo o povo de Deus, para que possam tê-lo como um modelo a seguir no caminho da santidade.

 

2015 / Ano da beatificação 

Síntese histórica sobre o Venerável Padre Luís Caburlotto